quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

És um bastardo!


Pensava que só os humanos é que tinham azar com o nome...

-Porque é que não nasci pinheiro ou oliveira? -pensa a triste árvore enquanto um pombo lhe caga nos ramos...

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

O mundo de pernas para o ar


O mundo está de pernas para o ar! As pessoas estão confusas e não sabem se se devem guiar pelo novo estado das coisas se pela forma como as coisas estavam anteriormente.

Quem fixou este cartaz ainda estava saudosista pelo anterior estado das coisas e colocou este cartaz "direito".
...

P.S. - Ora digam-me lá se isto não é mesmo estar a cagar para o que se está a fazer?!!
Raio de incompetentes, que é feito do brio profissional?

P.S.2- Este cartaz pode ser admirado na BP de Aveiro.

P.S.3- Quem não percebeu, faça o pino e veja a foto nessa posição.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Subprime e injecção de dinheiro nos bancos

Já há muito tempo que os meus leitores me têm perguntado:
"-Mestre, tu que tudo sabes, diz-me o que é o subprime que toda a gente fala e parece que é o responsável por a América e os bancos estarem com as calças na mão. Já agora explica-me como é que se vai injectar dinheiro nos bancos. Como é que as notas e as moedas passam pela agulha?"

Hoje eu vou esclarecer todas essas dúvidas de maneira a que percebam, ou não...
O transporte de dinheiro e de valores é um grande problema de segurança desde sempre, como aliás temos visto com os assaltos às carrinhas de valores em portugal. Os americanos pensaram ter resolvido o problema escondendo os valores da vista de todos. Numa maravilha da técnica, um super-submarino, o subprime. O submarino dos submarinos, nunca os valores foram transportados de forma tão segura!

-Então onde é que merda deu barraca? -Perguntam vocês.
Para vos explicar isso tenho primeiro que vos responder à segunda questão:
Como é que se vai injectar dinheiro nos bancos?

A resposta é simples, o dinheiro como todas as outras coisas pode estar no estado sólido, líquido ou gasoso. Para injectar dinheiro só temos que o passar ao estado líquido, aumentando a pressão e temperatura, injectamos e depois voltamos a colocá-lo no estado sólido.

Ora, o subprime transportava dinheiro líquido que lhe era injectado, e os buracos da agulha eram tapados com rolhas.

Um certo dia um chileno que pescava pescada australis para o Pingo Doce (que é pescada à linha para se manter mais firme) engatou um anzol numa rolha do subprime e o dinheiro foi todo c'o galheiro para o fundo do mar.

P.S.- Se tiverem qualquer outra dúvida enviem para o meu email ou deixem nos comentários.

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Obrigado Lucy

Obrigado Borboleta/Floribela/Luciana Abreu/Lucy.

Normalmente quando vemos uma atriz/apresentadora, vemos a versão quitada com inúmeros extras como silicone, lipoaspiração, unhas de gel, extensões, branqueamento dentário, lentes de contacto, rinoplastia, etc, etc, etc.

Desconhecemos por completo o ser humano que originou aquela coisa, com excepção talvez da Ana Malhoa, que vimos em versão base no buérere.

Em termos quantitativos compete com a Lucy em termos de extras, mas a transformação foi muito mais lenta.




Com a Lucy pudemos apreciar em câmara rápida a transformação de rapariga em cyborg libidinoso. Melhor do que o National Geographic...

Pode-se dizer que assistimos a uma metamorfose reversa, pois começamos com uma borboleta e acabamos com uma larva. Sem ofensa, nada contra as larvas.

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Vrikshásana

Vrikshásana, a postura da árvore, é um dos primeiros ásanas do Hatha. A prática de ficar sobre um pé só, em equilíbrio, exposto aos elementos da natureza, fazia parte da prática yogika dos rishis (sábios) vêdicos, como atestam esculturas e painéis milenares em templos ou lugares sagrados da Índia.

Caros leitores, leitoras, indefinidos e definidos mas que não se encontram em nenhuma categoria das supracitadas:
Voltei de férias mais parvo do que nunca e quebrei uma das regras do blog (só postar fotos tiradas por mim) por dois motivos importantes. O primeiro é eu aparecer na foto para poderem ver um parvo a cores, o segundo é ficarem parvos (ainda mais do que já são, pois se lêem este blog muito espertos não devem ser) com as capacidades fotográficas da minha Inês de 4 anos! Foi ela que me fotografou...

Pois é, pequeninha e já trabalha para este blog. Agora com a sua ajuda este blog vai crescer, parvoeiristicamente falando...

Duvidam? Então vejam ela armada em parva a "dar baile" ao pai.

Impecável!

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Ordenação de mulheres na igreja católica? Sim ou não?


Confesso que no início balancei entre o sim e o não. A favor temos vários argumentos:

1º-O confessionário... gaijedo imaginem-se a confessar os vossos pecados a uma quente e sexy voz feminina. Ah pois! E a batina, alguma dúvida que lhes assenta muuuito melhor?
2º-A comunhão, seria ou não muito mais agradável receber a hóstia de umas mãos femininas muito suaves e unhas arranjadas?
3º-As mulheres duram mais anos e são mais numerosas, logo recebiam o problema de falta de padres.
4º-A pedofilia no seio da igreja iria diminuir pois conhecem-se muito menos pedófilas que pedófilos.

Mas... os argumentos contra são fortíssimos:
1º-Os padres podem ter filhos à vontade, desde que não os assumam (eu ia dizer desde que não se saiba, mas toda a gente sabe...). Ora uma padra (soa mesmo mal, outro argumento contra)
2º- Têm muito mais dificuldade em esconder que têm filhos...
3º-Se um padre pode chegar a papa, uma padra (dass) chega a papissa. Papissa não me parece uma palavra bonita de se dizer num contexto religioso.

Como conclusão posso dizer que os argumentos a favor me convenceram (apesar da padra e da papissa), mas gostava de saber a vossa opinião.

Sim, porque a vossa opinião é importante para mim, não é p'a pissa. :) Deixem a vossa opinião nos comentários.

P.S. - não tentem encontrar significados ocultos na foto, não tem nada a ver com o post.

terça-feira, 29 de julho de 2008

A problemática designação dos filhos dos emigrantes portugueses


Porque é que os filhos de emigrantes portugueses são sempre luso-qualquer coisa? Vejamos o caso da Nelly Furtado, ela é luso-canadiana!

Porque não fastio-canadiana, vitalis-canadiana ou caramulo-canadiana?
Pessoalmente acho que fastio-canadiana é muito mais adequado.

sexta-feira, 4 de julho de 2008

No fim coloquem tomates

Há merdas que por mais que eu puxe pela cabeça não consigo perceber!

Porque é que a água das cascatas cai em vez de subir? Vocês respondem:
-Ah e tal, por causa da gravidade e...

Calem-se, não é a isso que me refiro! Quando eu pergunto porquê é porquê, por que carga de água?

Sigam o meu raciocínio, quais são as vossas partes mais sujas, as que mais precisam de ser lavadas?

Eu ajudo:
É a cabeça e os ombros ou os sovacos e as partes baixas?

Ainda dizem que a natureza é perfeita, que está tudo muito bem feito. Tretas!Balelas!

Num mundo perfeito nós tínhamos cascatas a trepar pelas rochas até ao céu. Já viram que lindas fotos que davam? Podíamos viajar até às nuvens... e no verão depois de umas caminhadas estafantes no meio da floresta, todos transpirados podíamos aproveitar aquele jacto de água fresquinha para refrescar os...

P.S.- as senhoras substituam tomates por outro legume mais apropriado.
P.S.2- alguns de vocês estão a pensar: -"Mas o tomate não é um legume é um fruto!" Ao que eu respondo: GET A LIFE!

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Inventei um ditado popular


Depois de receber a última conta de electricidade inventei um ditado popular:

Os pirilampos dão luz pelo cú, nós damos o cú pela luz.

É tudo por hoje, portem-se bem.

P.S. - sim é um balão de S. João, mas digam lá que não parece uma lâmpada...

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Triste regresso



Não interessa de quem foi a culpa, se é que existe um culpado... Acabou.

Agora só lhes resta baixar as orelhas, pegar nas trouxas e voltar para casa.

Agora não esperem é ajuda para empurrar o autocarro de volta!

Eu tinha um mau pressentimento neste europeu, é que era muito vermelho no equipamento... :)

domingo, 25 de maio de 2008

Poema politicamente incorrecto


Antes de vos brindar com mais uma pérola de sabedoria queria pedir desculpas ao(s) leitor(es) deste blog pela falta de actualização. Falta essa que se deve a uma razão simples, mas de resolução complexa:
Não tenho a vossa vida.

Depois deste sentido pedido de desculpas queria recitar um poema pouco conhecido de um poeta que é ainda menos conhecido e eu não tenho a mais pequena ideia de quem seja. Aqui vai:

Fui ao mar colher laranjas
e lá encontrei um búzio
quando cheguei a casa
em cima da cama o puseo.

Ora este poema tem tanto de poético como de actual. Debrucemo-nos na problemática da pesca, os pescadores vão fazer greve por causa da escalada do preço do crude. Soa mesmo bem escalada do preço do crude, não soa? Quer dizer subida do preço do petróleo, mas nos telejornais diz-se assim.

Como eu ia dizendo, os pescadores estão de greve e o poema começa precisamente por: fui ao mar colher laranjas, que na realidade quer dizer: fui á doca encontrar pescadores descontentes para os convencer a votar no PSD na próxima eleição.

Continua com: e lá encontrei um búzio, ou seja, molusco gastrópode aquático semelhante a um grande caracol de água, um animal estranho e rebuscado, o Paulo Portas. Que já se encontrava a moer a paciência dos pescadores.


Quando cheguei a casa em cima da cama o puseo.
Esta parte é de interpretação mais difícil, mas eu vou explicar. Porque é que atiramos alguém para cima da nossa cama mal chegamos a casa?

Para fazer amor ou para ter sexo, que pode ainda ser dito de outra maneira para a f..der.

Em resumo, o poema trata da odisseia de um social democrata na tentativa de colher votos dos pescadores, mas quando chega vê que Paulo Portas adiantou-se. No final apesar de tudo consegue...lixá-lo.

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Esteios

Há pessoas que são como esteios!
(versão rural de "como uma porta" ou "burro como uma porta").

Essas pessoas ao contrário dos esteios, que são um excelente apoio , além de não servirem de apoio têm o dom de complicar ainda mais a situação.

Não só não ajudam como atrapalham!

Agora vocês estão à espera que eu deixe a generalidade e comece a especificar de que caralh* é que estou a falar.

De ninguém, o que se passa é que eu tinha esta fotografia tão bonita de um esteio e queria colocá-la aqui, então tive que arranjar um texto "de gancho".

P.S. - os esteios são aquelas colunas de pedra que servem para suportar a ramada.
P.S.2- uma ramada é uma estrutura que segura as videiras.
P.S.3 - uma videira é uma... Ah estudem, ignorantes!!! ;P

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Porque é que os cães andam descalços na areia?

Porque é que os cães andam descalços na areia, nomeadamente na praia?

Essa é uma questão de extrema importância na resolução da crise do "subprime" e mesmo na prevenção de uma crise de iguais proporções na economia mundial.

Os cães costumam colocar-se de cócoras quando defecam e essa é a posição ideal para defecar. Mesmo o Homem deveria defecar de cócoras pois os joelhos comprimem a cavidade abdominal ajudando a evacuação.

As sanitas são um mal da sociedade actual pois induzem uma incorrecta posição para evacuar e depois não há iogurte bífido que nos valha. A prova disso é que os cães não comem iogurtes bífidos e não têm problemas desses como a Fátima Lopes (a do programa da SIC, não a estilista madeirense). Os cães levantam uma perna (pata traseira) para urinar (é o mesmo que mijar) para não mijarem (é o mesmo que urinarem) as patas da frente (mãos). Outra possibilidade seria colocarem-se em pé, mas como os cães não são bípedes dava muito nas vistas então eles preferem levantar uma pata traseira (pé). Os cães que não têm uma pata traseira (pernetas) não podem levantar a outra pata traseira porque senão caíam e como é fodido (difícil) estar em pé só com uma pata (pé) e mijar (urinar) ao mesmo tempo eles não urinam (mijam ) então comem muitas fibras para ficar com diarreia (caganeira) e expulsar os líquidos pelas fezes (merda).

Os cães pernetas (coxos de um pé (pata)) deixam um rasto na areia da praia peculiar, uma das pegadas é mais funda. Foi com uma funda que David venceu o Golias, a propósito, mas não tinha areia tinha uma pedra.

O "subprime" não tinha acontecido se todos cagassemos (defecassemos) de cocaras como os cães que deixam pegadas na areia. E agora queria deixar-vos com umas questões de extrema relevância para o futuro da relação económica entre Ermesinde e o Vaticano:

-Como defeca um cão perneta (sem uma pata traseira (pé))?
-Quantos parênteses tem este texto?
-Haverá limite para a minha capacidade de criar anormalidades na forma escrita e/ou falada?
-Já leram texto mais cretino? Mesmo dentro dos meus textos?

Um abraço

sexta-feira, 28 de março de 2008

Aborrecimento de morte

Sim, eu sei que tenho estado ausente... Falta de assunto e mais que fazer! Mas hoje a caminho do trabalho passei por um funeral e isso deixou-me pensativo. Como eu só penso em merda arranjei logo tema para um novo post.

Cheguei à conclusão que não sou imortal. Pode ser um choque para vocês, mas é verdade por muito que vos custe.

Depois desta chocante conclusão andei a pensar nas providências que tenho que tomar tendo em mãos esta nova informação. A única coisa que me preocupa na morte é o meu funeral. Não tenho ido a muitos funerais mas todos a que fui eram muito pouco animados, aborrecidos até!

Todos?!? Não, um a que fui tinha umas velhas que berravam como se tivessem atracado a gaita no fecho das calças! Faziam um chinfrim medonho e nem sequer eram da família. O escândalo era tão grande que até os parentes mais próximos do falecido ficavam incomodados.
Isto parecendo que não trás duas grandes vantagens:
Primeira: o barraco é tão grande que as pessoas mais próximas do falecido ficam tão estupefactas e irritadas com a falta de sensibilidade que por momentos esquecem a dor que as corrói.
Segunda e não menos importante: Proporciona animação para as pessoas menos chegadas ao falecido que estavam aborrecidas de morte.

Assim sendo, pedi a quem me é próximo que trate de contratar duas velhas para gritarem no meu funeral. Deve deixar claro que o pagamento é directamente proporcional ao escândalo, ou seja, quanto mais gritarem, mais ganham e se arrancarem cabelos ou rasgarem a roupa recebem ainda mais.

A selecção das velhas deve ser criteriosa:
a) devem ter uma destas profissões: peixeira, galinheira, empregada fabril, doméstica, prostituta ou feirante.
b) ver alínea a.

Não é necessário que sejam duas velhas mas não podem ser menos. Não entendam isto mal, uma velha é perfeitamente capaz de armar o cagaçal necessário, mas mais vale prevenir e ter uma velha suplente. É que as velhas adoecem muito e às vezes morrem sem avisar, então é preciso estar prevenido com uma de reserva.

Tendo tratado deste assunto já posso morrer descansado, mas espero que não seja neste milénio!

Ah, já me esquecia, quero também uma campa tunning. Com luzes azuis debaixo do rebordo da tampa e em vez duma cruz quero um cata-vento luminoso.

Ah, e o padre do funeral tem que ser preto. Para dar alguma cor à cerimónia.

sábado, 8 de março de 2008

Os nossos super-heróis


Portugal tem um grupo de pessoas com super-poderes, mas esses poderes são muito fracos e só funcionam em conjunto. Só com a força conjunta do grupo é que os poderes funcionam de forma satisfatória.

O poder é a telecinésia, mais especificamente a capacidade de levitar com a força da mente. Eles dão as mãos e com o poder da concentração conjunta elevam-se no ar.

O nosso país anda tão entusiasmado com a ideia de termos super-heróis que existe um registo diário dos progressos do grupo que é divulgado na imprensa, muitas vezes sob a forma de um gráfico.


O grupo é composto por vinte indivíduos psicologicamente evoluídos, o PSI 20.

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

O ninho

Não sou coruja
nem passarinho
sou um morcego
que tem um ninho

Tenho um toldo
azul marinho
e quando chove
eu cubro o ninho

Móveis de pinho
lençóis de linho
que bem se está
neste meu ninho

Ao almoço bebo água
ao jantar vinho
durmo sem frio, durmo quentinho
c'uma camada, no belo ninho

No cume da árvore está o meu ninho
vejo tudo e posso apontar
para a cabeça
do meu vizinho

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Notícias do trânsito... intestinal


O causador de todos os males do povo é o famigerado trânsito intestinal ou melhor o engarrafamento desse trânsito. De todo o povo?

Não, só das mulheres! Ou já viram algum homem a queixar-se do trânsito intestinal na tv? Se aparece um homem é só para atestar que o iogurte bífidus até sabe bem, pois até ele é capaz de o comer (ou roubar umas colheres à necessitada da mulher).

Já existem vários produtos alimentares miraculosos que prometem resolver todos os problemas de engarrafamento intestinal:

- Flocos de cereais (quem não se lembra do "momento All Bran" em que a mulher da casa estava sempre ausente de manhã, porque estava a cagar?)
-Iogurtes com efeito bifidus (sólidos ou líquidos), alguns juntam ameixas para aumentar a potência
-Leite com fibras
-Pão, tostas, bolachas, etc ...com fibras

E... mais recentemente:
-Água! Nem esta se safou...

As vítimas, essas continuam a ser as mulheres. Apanham tamanha injecção na televisão que compram os produtos nem que estejam de diarreia.

Eu, na minha inocência, pensava que a publicidade não podia piorar muito depois dos testemunhos Actimel.

Até que surge a D.Fátima Lopes num sofá verde ao ar livre, nos sítios mais despropositados, a fazer uma cara de grande empatia enquanto uma mulher lhe relata como já caga largo depois de um longo tratamento com iogurtes bífidus.

Muletas para obrar, cagar já não é o que era!

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Parvoeira fotográfica


...e dizem vocês:
-Ah e tal, porque é que as fotos são parvas? Só se for por seres tu o fotógrafo!

Ao que eu respondo:
-As fotos são parvas porque eu tirei-as durante o dia.

Ah pois! Estudassem!

Agora mudando de assunto, já viram esta merda?



sábado, 9 de fevereiro de 2008

Sexbomb


"Sexbomb sexbomb you're my sexbomb

You can give it to me when I need to come along
Sexbomb sexbomb you're my sexbomb
And baby you can turn me on..."
É por estas e por outras que por muito que se esforce,
o carnaval brasileiro nunca vai deixar de ser uma reles sombra do nosso.

A foto não é capaz de transmitir a sensualidade da dança, mas usem a vossa imaginação...

...e o cigarrinho na mão, dá ou não dá um certo charme?

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Ana Malhoa volta a este blog, tenham medo


Para meu grande espanto tenho tido um aumento de visitas aqui no blog. Fui investigar (não é normal tanta gente interessada nas porcarias que escrevo) e descobri que é povo à procura das fotos da Ana Malhoa. Vêm cá parar ironicamente por causa deste post. :)

Como gostos não se discutem (lamentam-se) e para o povo não ficar frustrado e deprimido, aqui vão uns endereços que vos interessam:
http://fotos-ana-malhoa.blogspot.com/2006/12/ana-malhoa-nua.html

http://www.anamalhoaoficialsite.com/

Aos meus leitores habituais quero dizer que esqueçam o primeiro endereço e vão ao segundo, o site oficial da individua. Mas antes tomem as seguintes precauções:

Respirem fundo três vezes lentamente, sentem-se com ambos os pés em contacto com o solo e preparem-se para o que vão ver repetindo mentalmente: - O que vou ver é a cena mais estúpida e de mau-gosto que já vi, mas eu aguento pois eu estou em segurança e longe.

Convém que não tenham o som muito alto e como precaução treinem a rapidez com que conseguem desligar o browser (IE, Firefox, Opera, etc) com o rato. Se sofrem do coração abstenham-se de ir ao endereço.

Aos corajosos que forem ver, deixem comentários aqui por favor, mas atenção não permaneçam muito tempo na página pois podem ficar com danos cerebrais irreversíveis.

P.S.- na foto podemos ver a roupa sem Ana Malhoa, linda não está?

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Piaçaba estamos contigo.

Não é meu costume postar vídeos, mas trata-se de uma questão de extrema importância. Vejam com atenção e adiram à causa.

Hoje é o piaçaba, amanhã podes ser tu.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Falta de respeito atroz para com os NC

Hoje venho falar-vos de um problema que me tem preocupado ultimamente e que só não vos preocupa porque vós andais por aí só para ver passar os eléctricos.

O que me tem preocupado e tirado o sono é a falta de respeito que existe para com as pessoas que não querem tomar café (NC=não cafezantes). Sim porque elas existem e andam por aí, pessoas que não tomam café, quer seja por razões de saúde, para não manchar os dentes, porque ficam muito nervosos ou porque simplesmente não gostam de café.

Falta de respeito! A que se refere esta besta? - perguntam vocês.

Falta de respeito sim! A maioria dos tomadores de café não se preocupam com os NC e estes vêem-se obrigadas a respirar os vapores libertados pela chávena, carregados de cafeína.

Quem nunca viu uma criança no café, de olhos esbugalhados a berrar como se estivesse possuído e a correr como se não houvesse amanhã? Efeitos da cafeína inalada.

Mas o problema não são só os cafés, mas todos os sítios fechados onde é possível tomar café.

Por muito que nos custe temos que tomar uma atitude radical e na minha perspectiva só existe uma solução possível capaz de fazer face a este flagelo. Aplicar uns mini-exaustores nas chávenas com um depósito para os vapores. Depois numa lógica de reciclagem e reutilização poderiam guardar os vapores para libertar no ar condicionado da Assembleia da República. (Toda a cafeína é pouca para manter aqueles gajos senhores acordados).

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Análise noticiosa - o novo serviço do P.I.

É com grande orgulho e alegria que venho anunciar aos milhões de leitores deste blog que a partir de hoje contam com um novo serviço. A análise das principais notícias do dia feita por mim com a eloquência, perspicácia e poder de síntese que me caracterizam.

Sem mais demoras, aqui vai alho:

-Bolsa de Lisboa fecha em queda
O que é excelente visto que se a bolsa fecha em queda, quando atinge o solo já está fechada e as coisas que estavam na bolsa não ficam todas espalhadas pelo chão. Uma revolução na história das bolsas!

-Moçambique mais de 80 mil deslocados

É urgente o envio de "endireitas" para tratar das luxações e entorses dos moçambicanos.
É também óbvio que algo se passa em Moçambique para haver tantos deslocados, talvez más posições de trabalho ou então uma escolha errada de animais de estimação. Fica aqui o apelo:
Não andem com elefantes ao colo, eles pesam bué.

Bem por hoje é tudo, atémanhão.

P.S.-Atémanhão é a única palavra portuguesa que usa dois acentos.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Este pessoal é que se passa!


Os japoneses são completamente chanfrados, mas inventam umas merdas divertidas.

Chanfradas, mas divertidas.

Dêem uma espreitadela aqui.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

O blogger e as mulheres

Gostam da nova imagem do título do Blog?

Espero bem que sim porque deu-me uma trabalheira dos diabos.

O mais ridículo disto tudo é que o que me deu trabalho não foi fazer o banner! Isso eu fiz num instante e todo contente (edição de imagens é terapia para mim...), colocá-la no blog é que foi um martírio.

Por estúpido que pareça, colocar a imagem alinhada e no tamanho correcto levou-me a tarde toda de domingo. As experiências e aldrabices que tive que fazer no blog e na imagem para a colocar na posição que vêem. Quem passou por aqui no domingo deve-se ter partido a rir...

Ora estava sem banner, ora estava o antigo, ora aparecia um rectângulo preto, aparecia o novo cortado ao meio, ou então pequenito num canto. Credo!

O blogger é uma ferramenta fantástica, mas por vezes complica demasiado uma coisa simples. Faz-me lembrar as mulheres...

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

To be or not to be


Todos conhecem as bebidas B (lê-se bi)
B smart, B passion, B cool, etc.

Se o José Castelo Branco inventasse uma qual seria?
...

Sabor a chá
...

B cha

domingo, 6 de janeiro de 2008

Grave calamidade anunciada e ninguém parece preocupado

Não sei como é que alguém se pode preocupar com o cancelamento do Lisboa Dakar2008, quando uma crise muito mais grave ameaça a existência dos menores fracturados.

Tudo bem, a questão do cancelamento do Lisboa-Dakar é grave, visto que de certo modo se trata de ceder à chantagem de um grupo terrorista, o que implica um grave precedente. Pesa também o facto de em 30 anos de prova nada ter impedido esta de se realizar até agora...

Mas um acontecimento bem mais grave e com repercussões mais acentuadas na população europeia e até mundial: A eminente extinção dos menores fracturados.

O mais grave é que não se trata de uma extinção comum, causada por desleixo ou desinteresse ou até por acidente ou catástrofe. Esta é uma extinção programada, decretada.

Vão ser abatidos! Porquê? Com que propósito?
Eles nunca fizeram mal a ninguém, nem bem, agora que penso nisso...Mas animam-nos com umas macacadas e uns bitaites absurdos que mandam de vez em quando. :)

Vamos todos ter saudades deles, ou não.

Legenda:

menores->pequenos
fracturados->partidos

Então os menores facturados que vos falo são os Pequenos Partidos (menos de 5000 militantes). Um exemplo ilustre é o Partido Monárquico. :P